Site Overlay

Trump: Eu ‘deveria ter’ banido o Facebook, mas Zuckerberg ‘continuou me ligando’

Trump: Eu ‘deveria ter’ banido o Facebook, mas Zuckerberg ‘continuou me ligando’

Mark, seu velho demônio de língua prateada!

Muitos de nós temos relacionamentos com pessoas que, por qualquer motivo, nos deixam com remorsos persistentes. Para o 45º presidente dos Estados Unidos, essa pessoa aparentemente é o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg.

O ex-presidente Trump divulgou hoje um comunicado oficial lamentando sua leniência com as empresas de mídia social durante seu tempo na Casa Branca:

Parabéns ao país Nigéria, que acabou de banir o Twitter porque baniu seu presidente.

Mais PAÍSES devem banir o Twitter e o Facebook por não permitirem a fala livre e aberta – todas as vozes devem ser ouvidas. Enquanto isso, os concorrentes surgirão e se firmarão. Quem são eles para ditar o bem e o mal, se eles próprios são maus?

Talvez devesse ter feito isso enquanto era presidente. Mas Zuckerberg continuou me ligando e vindo à Casa Branca para jantar, dizendo como eu era ótima.

2024?

Esta declaração faz referência à notícia de que o presidente da Nigéria proibiu o Twitter no país depois que a empresa deletou um tweet onde se acreditava que ele estava ameaçando genocídio.

A declaração de Trump parabeniza o líder nigeriano por sua postura contra o Twitter. Em seguida, começa uma estranha confissão de que ele parou de falar quando se tratou de suas negociações no escritório com o Facebook e o Twitter por deferência ao afeto do colega bilionário Mark Zuckerberg.

Esta é a pergunta que todos deveríamos estar nos fazendo: se Zuck não tivesse escolhido um para o time e “continuado ligando” para Trump e “vindo para a Casa Branca para jantar”, onde estaríamos todos hoje?

Trump está nos dizendo que Zuckerberg estava com sede e se sentiu mal? Ou ele está nos dizendo que eles eram amigos e que não queria misturar negócios com prazer? Por que ele admitiria tão descaradamente que não faria o que prometeu às dezenas de milhões de pessoas que o apoiaram, porque Zuckerberg era bom com ele?

Há um grande argumento de que, como presidente dos Estados Unidos, ele não tinha poder para encerrar uma empresa nos Estados Unidos apenas porque foi banida por violar seus termos de serviço. Mas, como poucos de nós realmente fomos POTUS, é possível que ele saiba algo que nós não sabemos.

E Trump aparentemente acredita que teve o poder de banir o Facebook e o Twitter quando estava na Casa Branca como se fosse o presidente da Nigéria.

Muitos de nós nos perguntamos por que o ex-presidente nunca cumpriu as centenas de ameaças que fez contra o Facebook e o Twitter enquanto estava no cargo ou por que não os processou como cidadão comum.

Talvez seja apenas um caso não tão raro de bilionários mostrando deferência para com bilionários.

Mas não sabemos o que Zuckerberg realmente disse durante os jantares. Talvez alguns elogios sejam tão maravilhosos que o façam esquecer toda aquela coisa de direita de “liberdade de expressão” que você estava fazendo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *